agosto 04, 2005

Acordei antes da hora costumeira, mas isso já está virando rotina. O sono vai embora mais cedo e volta mais cedo também, embora esteja indo dormir no horário de sempre. Abri os olhos e lembrei: quinta-feira. Ai, meu Deus!!!

Ainda fiz uma horinha, enrolei alguns minutos, mas a cama começou a ficar muito quente, tinha muitos gatos (tinha mesmo), eu queria um golão de água, a bexiga exigiu espaço. Levantei - e o mundo, aparentemente, estava bem e igual a ontem.

Tudo certo, tudo dentro da rotina, mas, pelo sim pelo não, estou pisando em ovos. É quinta-feira, aquele dia em que as coisas nunca correm bem e que meu humor vai pelo ralo junto com o banho que tomei ontem, antes de dormir. Enfiei o nariz no livro que estou lendo, não dei bola nem ouvi o que era dito à minha volta, fiz apenas perguntas e recomendações convencionais, dei respostas de praxe. Não vou correr riscos.

São mais de 18 horas e tudo corre bem. Se o humor não está um primor, também não está um horror. Tudo normal.

Acho que, desta vez, a quinta vai passar incólume... Mas vou botar as barbas de molho, bater um papo com meus botões e só botar a cabeça pra fora do buraco depois da meia-noite. Até lá, ainda será quinta-feira...

Que meda!!!

1 comentário:

Márcia Moreno Placa disse...

Vc disfarça bem, mamãe. Conversei com vc hoje e nem senti que era quinta-feira... heheheheh